Mostrar mensagens com a etiqueta regra. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

REGRAS E RITUAIS PARA PRESENTES NA CHINA

Na China a comemoração do aniversário está muito ligado à comemoração do Ano Novo.
Saiba que cuidados ter aquando oferecer um presente.
O mandarim é uma língua fonética e os chineses são pessoas muito supersticiosas. Geralmente, as superstições e as “regras” referentes aos presentes são baseadas na lógica de sons semelhantes – apesar de serem representados por ideogramas completamente diferentes – e na do que pode não ser auspicioso ou trazer boa sorte para o chinês. Isso se estende também a atitudes e costumes do dia a dia.
Lista básica de presentes proibidos:
  1. Relógios de parede – que em mandarim é 锺Zhōng, é muito semelhante a palavra usada para túmulo ou funeral, que é 塚 Zhǒng. Sendo assim, presentear alguém com um relógio de parede é o mesmo que desejar a morte ao presenteado.
  1. Chapéu (ou boné) verde – Um chapéu verde refere-se à frase 襶绿帽Dài lǜ mào, que significa que a esposa de um homem o está a trair. Então, se um homem usa chapéu verde ele é… 
  1. Guarda-chuva – Dar um guarda-chuva de presente significa que quer terminar o relacionamento. O guarda-chuva, 伞sǎn, tem o mesmo som de separar, 散 sàn.
  1. Presentes em conjuntos de quatro – O numero 4 se fala 四e a palavra morte é 死, por isso, é aconselhável não presentear com nada que tenha 4 peças ou que remeta ao número. Outra curiosidade sobre o número quatro é, para se ter uma ideia de como ele é temido, que muitos prédios não possuem o 4° andar, nem é atribuído o n.º 4 às casas.
  1. Faca ou tesoura – esses objetos não são relacionados com o som, mas sim, com suas funções. Como são utilizados para o corte, para separar um todo, não são vistos com bons olhos para presentear. Pode significar que se está a querer acabar com a amizade.
  1. Crisântemo – na China o crisântemo é a flor usada para velórios ou para homenagear os mortos, então não é de bom tom presentear alguém com elas. Em contrapartida, o cravo é uma flor popular. No dia das mães é o ramalhete mais procurado para presentear.
  1. Toalhas – as toalhas também são dadas em funerais, para os que sofreram a perda do ente querido. Receber uma toalha como um presente pode trazer de volta memórias tristes.
  1. Branco – o branco é a cor oficial do luto na China, portanto, qualquer presente branco, desde flores ou até mesmo o simples embrulho de presente, não devem ser nessa cor, pois se estará desejando a morte ou sofrimento da pessoa. Até mesmo os vestidos de noiva são tradicionalmente vermelhos. De uns 15 anos para cá, por conta da influência ocidental, as noivas estão a usar o branco entre os muitos vestidos do dia da cerimónia.
Mas porque essas regras são tão importantes?
Porque presentear na China é um ritual. Tem muita influência nos relacionamentos pessoais  e comerciais e segue a tradição.
Dar um presente é considerada uma forma adequada de se dizer obrigado, tanto para seu anfitrião, quanto para alguém que lhe prestou algum tipo de favor.
Quando fizer uma visita, presentes como vinho, chá ou algo útil para toda a família são bem vindos. Também, os presentes especiais como coisas típicas do seu país de origem (no caso de um estrangeiro) são sempre apreciados.
Tradicionalmente o presenteado não deve parecer ganancioso ao receber um presente; por conta disso, a regra é que não se aceite o presente na primeira ou segunda vez em que ele for oferecido. Mediante a insistência de quem está oferecendo, a pessoa aceita depois da terceira oferta. Portanto, insista em entregar o seu presente e não se sinta ofendido. Hoje em dia isso está a mudar bastante e aceitar um presente sem declínio está se tornando normal.

Na China, o presenteado não deve abrir o presente na frente de quem o deu. Isso porque não gostam de deixar a pessoa que deu em situação embaraçosa, caso eles não gostem do presente e não consigam disfarçar. Depois costumam mandar uma mensagem de agradecimento.
Quando se oferece dinheiro deve-se sempre fazer num envelope vermelho.
Para não errar com os presentes as cores vermelhas e douradas/amarelo são sempre as mais bem recebidas, são cores de prosperidade.
Cultura, com seus hábitos e costumes chineses.

terça-feira, 4 de abril de 2017

SUGESTÃO ESPELHO NO QUARTO - Espelho Que Reflete a Cama e a Porta


CURSOS DE FENG SHUI
MODO: Internet
INSCRIÇÕES: https://form.jotformeu.com/62144894089365

segunda-feira, 3 de abril de 2017

SUGESTÃO ESPELHO NO QUARTO - Espelho no teto


CURSOS DE FENG SHUI
MODO: Internet
INSCRIÇÕES: https://form.jotformeu.com/62144894089365

sexta-feira, 31 de março de 2017

SUGESTÃO ESPELHO NO QUARTO - Roupeiros Com Espelho


CURSOS DE FENG SHUI
MODO: Internet
INSCRIÇÕES: https://form.jotformeu.com/62144894089365

quinta-feira, 30 de março de 2017

SUGESTÃO ESPELHO NO QUARTO - REFLETIR A CAMA



CURSOS DE FENG SHUI
MODO: Internet
INSCRIÇÕES: https://form.jotformeu.com/62144894089365

quarta-feira, 29 de março de 2017

SUGESTÃO ESPELHO NO QUARTO - EM FRENTE À PORTA


CURSOS DE FENG SHUI
MODO: Internet
INSCRIÇÕES: https://form.jotformeu.com/62144894089365

quinta-feira, 9 de março de 2017

QUATRO REGRAS ESPIRITUAIS PARA A VIDA – Lao Tzu

Lao Tzu, um dos maiores mestres chineses que viveu muitos séculos atrás, criou as Quatro Virtudes ou Regras de Vida.


Quando praticadas, elas podem proporcionar uma vida de verdadeira paz e propósito. 
Lao Tzu acreditava que centrar a própria vida em torno dessas virtudes permitiria o acesso a verdadeira sabedoria do Universo e o alinhamento com a energia da Fonte.
“Quando conseguir conectar sua energia com o reino divino por meio da alta consciência e da prática da virtude sem discernimento, a transmissão das verdades sutis mais finitas acontecerá”. Lao Tzu
Lao Tzu literalmente significa “Velho Mestre”, e muitos acreditavam que ele tinha atingido o mais alto estado de consciência disponível para o homem. Pode encontrar as Quatro Virtudes Cardinais no Tao Te Ching, um texto religioso cheio de ensinamentos e princípios taoístas. 
O Tao (também conhecido como o Caminho ou o Dao) contém antiga sabedoria universal disposta em um formato muito críptico, mas profundo, que convida os buscadores de sabedoria a ir fundo e encontrar a espiritualidade através de suas próprias interpretações do livro.

Se se encontrar a procuarar respostas para as perguntas da vida e quer iniciar uma jornada espiritual, pode querer conhecer os antigos ensinamentos de Lao Tzu, para ajudar a guiá-lo através do caos do mundo em um lugar de paz verdadeira.
As regras espirituais de Lao Tzu para a vida:
“Perceber a constância e estabilidade em sua vida é perceber a natureza profunda do Universo. Esta realização não depende de nenhuma condição transitória interna ou externa, é uma expressão da própria natureza espiritual imutável. A única maneira de alcançar o Caminho Universal é manter as virtudes integrais da constância, firmeza e simplicidade na vida diária.” – Lao Tzu

1 . Reverência para toda forma de vida
A primeira regra afirma que devemos respeitar todas as formas de vida na criação, e não procurar dominá-las ou controlá-las. Primeiro devemos amar e honrar a nós mesmos, e então este amor fluirá para fora em direção a todos os seres. Neste mundo, dependemos de outras formas de vida para a sobrevivência pura, e isso significa que devemos tratá-las com respeito, bondade e gratidão. Lao Tzu acreditava que todos nós poderíamos viver em paz e harmonia, se nos lembrássemos dessa regra espiritual.

2 . Sinceridade natural
Esta virtude manifesta-se como honestidade, simplicidade e autenticidade. É basicamente permanecer fiel a quem você realmente é, e não permitir que as forças externas o influenciem. Possua sua verdadeira natureza, e não deixe que os outros lhe digam quem ser. Uma vez que chegamos a um lugar de realidade e sinceridade, podemos começar a entender o que precisamos para permanecermos felizes e pacíficos, e podemos estender isso para incluir outros que podem estar com dificuldades, também. Viva em sua verdade, e todo o resto cairá no lugar. Além disso, irá inspirar outros ao longo do caminho a também mostrarem o seu verdadeiro eu e viverem autenticamente. Permita que seus pensamentos e ações se alinhem, e conhecerá o significado da sinceridade.

3 . Gentileza
No mundo em que vivemos, precisamos muito que essa virtude seja praticada com mais frequência. Gentileza significa simplesmente ser bondoso com toda forma de vida, e não agir com base em desejos egoístas. Quando praticamos a gentileza, desistimos da necessidade de estar certos, porque ser bondoso é mais importante do que estar certo. Quando somos sensíveis às necessidades de outras pessoas e jogamos fora o desejo de controlá-las ou dominá-las, podemos viver em harmonia uns com os outros. Muitas pessoas erram confundindo ser gentil com ser fraco, mas é só porque vivemos em um mundo cheio de egos inflamados. Pratique a doçura, e despertará a si mesmo e ao mundo para o que realmente importa.
“Gentileza geralmente implica que não tem um desejo forte baseado no ego dominando ou controlando outro, o que permite que se mova em ritmo com o Universo. Coopere com ele. Gentileza significa aceitar a vida e as pessoas como elas são, ao invés de insistir que elas sejam como você. Ao praticar viver desta maneira, a culpa desaparece e desfrutará de um mundo pacífico.” – Wayne Dyer
“Minha religião é muito simples, minha religião é gentileza.” – Dalai Lama
4 . Apoio
Essa virtude implica que precisamos apoiar todas as formas de vida, inclusive nós mesmos. Quando primeiro atendemos a apoiamos a nós mesmos, podemos mais facilmente ajudar os outros. Esta virtude significa amar e servir a todos, independentemente do que podemos obter em troca. Esta virtude vem naturalmente a nós, mas o mundo nos diz que nos centramos em nós mesmos é a única maneira de sermos felizes. Na realidade, muitas pessoas não se sentem satisfeitas seguindo este caminho.
Assim, ajudando os outros, podemos encontrar uma vida de verdadeiro propósito e alegria, esforçando-nos para tornar a vida de outras pessoas um pouco mais fáceis.
“A maior alegria vem de dar e servir, então substitua o seu hábito de se concentrar exclusivamente em si mesmo. Quando faz uma mudança para apoiar os outros em suas vidas, sem esperar nada em troca, irá pensar menos sobre o que quer e encontra conforto e alegria no ato de dar e servir.” – Wayne Dyer
Deixe estas quatro virtudes perfumarem sua vida, e observe a graça e a facilidade que virão em seu caminho.
“As quatro virtudes são um roteiro para a simples Verdade do Universo. Venerar toda a vida, viver com sinceridade natural, praticar a doçura e estar no serviço de outros é replicar o campo de energia de onde você se originou.” – Dr. Wayne Dyer
Traduzido pela equipe de: O Segredo 
– Fonte: Power of Positivity