Mostrar mensagens com a etiqueta saúde. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

OS CINCO RITOS TIBETANOS

O nosso corpo tem sete centros de energia, que podem ser chamados vórtices, ou chacras.
Trata-se de poderosos campos energéticos, invisíveis aos olhos, mas cuja existência é indiscutível. Os sete vórtices controlam as sete glândulas do sistema endócrino, e estas, por sua vez, regulam todas as funções do corpo, inclusive o processo de envelhecimento.
  • 7chakrasO primeiro vórtice (denominado chacra da Raiz) situa-se na base da espinha;
  • O segundo (o chacra sexual), na região do baixo-ventre, abaixo do umbigo;
  • O terceiro (o chacra do plexo solar), acima do umbigo e abaixo do peito;
  • O quarto (o chacra cardíaco), no centro do peito;
  • O quinto vórtice (o chacra da garganta) fica na base do pescoço;
  • O sexto (o chacra do terceiro olho),no centro da testa, entre as sobrancelhas;
  • E o sétimo, o vórtice mais elevado (o chacra coronário), localiza-se no alto da cabeça;
Num organismo sadio, todos esses vórtices giram a grande velocidade, fazendo com que a energia vital, flua, subindo pelo sistema endócrino. Mas, se um ou mais desses centros começa a diminuir a velocidade de rotação, o fluxo da energia vital fica inibido ou bloqueado – e disso resulta o envelhecimento ou a doença. Num indivíduo jovem, esses vórtices estendem-se para fora do corpo, mas nos velhos, fracos e doentes, eles mal conseguem atingir a superfície. O modo mais rápido de se recuperar a saúde, vitalidade e juventude é fazer esses centros de energia voltarem a girar normalmente.
Existem cinco exercícios simples para tal finalidade. Qualquer um deles sozinho já é bom, mas os melhores resultados são alcançados quando se praticam juntos. Esses exercícios não são uma ginástica. Os lamas  chamam-lhes  de ‘ritos’.
Os Cinco  Ritos Tibetanos  são a chave para a vitalidade, saúde e juventude, restabelecem o equilíbrio dos sete centros de energia.
RITO NÚMERO 1
O primeiro rito é muito simples É feito com o propósito expresso de aumentar a velocidade dos vórtices. As crianças costumam fazê-lo quando brincam
Rito nº1

Tudo o que  tem a fazer é ficar de pé, erecto  com os braços estendidos para os lados, na horizontal.
Em seguida, gire de um lado a outro até ficar um pouco tonto. Lembre-se! é importante começar a girar partindo da esquerda para a direita. Em outras palavras, se você colocasse um relógio deitado no chão, teria de girar seguindo os ponteiros deste.
De início, a maioria dos adultos não conseguirá girar mais do que meia dúzia de vezes sem ficar bastante tonto. Como iniciante, não deverá tentar mais do que isso. Se tiver vontade de sentar ou deitar para se recuperar da tontura, faça-o à vontade. Nas primeiras vezes, pratique o rito somente até sentir uma ligeira tontura. Com o tempo, à medida que for fazendo todos os cinco ritos, você será capaz de girar cada vez mais vezes, sentindo menos desconforto.
RITO NÚMERO 2
rito22ritoA
rito2b
Rito nº 2
O segundo rito estimula ainda mais os sete vórtices. Ele também é muito simples. A pessoa fica deitada de costas no chão, sobre um tapete ou qualquer outro forro macio. Uma vez deitado de costas, estenda os braços ao longo do corpo e vire as palmas das mãos para o chão, mantendo os dedos fechados. Então, erga a cabeça do chão, encostando o queixo no peito. Ao mesmo tempo, vá levantando as pernas, com os joelhos rectos, até ficarem na vertical. Se possível, deixe as pernas descerem para trás, ficando sobre a cabeça, mas não dobre os joelhos. Depois, vagarosamente, abaixe a cabeça e pernas, mantendo os joelhos firmes, até voltar à posição inicial. Deixe os músculos relaxarem e depois repita o rito. A cada repetição, estabeleça um ritmo de respiração: inspire profundamente ao erguer as pernas e a cabeça; expire todo o ar dos pulmões ao baixá-las. Quanto mais profundamente respirar, melhor. Se você for incapaz de manter os joelhos perfeitamente rectos, dobre-os o mínimo necessário. Mas, prosseguindo na prática, empenhe-se em manter as pernas sempre bem estendidas.
RITO NÚMERO 3
Este rito deve ser praticado logo depois do segundo e é também muito simples.
rito3 Ajoelhe-se no chão com o corpo erecto e os braços estendidos paralelamente ao corpo. As palmas das mãos devem ficar encostadas na lateral das coxas.Incline a cabeça para a frente, até o queixo tocar o peito. Depois, atire a cabeça para trás, o máximo possível e, ao mesmo tempo, incline-se para trás, o máximo possível e, ao mesmo tempo, incline-se para trás, arqueando o corpo.
rito 3a
Feito isso, volte à posição original e comece de novo o rito. Inspire profundamente quando arquear a espinha e expire ao voltar à posição erecta. A respiração profunda é extremamente benéfica, por isso encha os pulmões o máximo que conseguir.
rito3b
Rito nº 3
RITO NÚMERO 4
rito4Primeiro, sente-se com as pernas estendidas para a frente, deixando uma distância de uns quarenta centímetros entre os pés. Mantendo o corpo erecto, coloque as palmas das mãos no chão,voltadas para a frente, ao lado das nádegas.
rito4a
rito4b
rito4c
Rito nº 4
O tronco e as coxas deverão ficar rectos  horizontalmente em relação ao chão; os braços e as pernas estarão em posição perpendicular ao chão, todos os músculos deverão estar tensos. Por fim, relaxe ao voltar à posição inicial e descanse antes de repetir o exercício.
Uma vez mais, a respiração é importante. Inspire profundamente ao elevar o corpo,segure a respiração durante a tensão dos músculos e expire completamente enquanto volta à posição inicial. Continue respirando ao mesmo ritmo no intervalo entre as repetições.
RITO NÚMERO 5
rito5
Deite-se de bruços no chão. Em seguida, erga o corpo, apoiando-se nas palmas das mãos e dedos dos pés, que deverão ficar fletidos. Durante todo o rito, mantenha uma distância de cerca de 50 centímetros entre os pés e entre as mãos. Mantendo pernas e braços retos, arqueie a espinha e leve a cabeça para trás o máximo possível. Depois, dobre pelas nadegas, erga o corpo até ele ficar como um invertido. Ao mesmo tempo,
Rito nº 5
Rito nº 5
encoste o queixo no peito. Volte à posição inicial e repita. Inspire ao erguer o corpo e expire quando o baixar.
Na primeira semana pratique cada rito três vezes ao dia. Depois, de semana em semana, vá aumentando as repetições de duas em duas, até estar fazendo cada rito 21 vezes por dia. Em outras palavras, na segunda semana execute cada rito cinco vezes; na terceira, execute cada rito sete vezes; na quarta semana, execute cada rito nove vezes por dia, e assim por diante. Em dez semanas estará fazendo cada um deles 21 vezes por dia.
Nos intervalos entre as repetições, fique de pé, erecto  com as mãos nas ancas, e respire profundamente várias vezes. Ao expirar, imagine as tensões a sair do seu corpo, deixando-o relaxado. Quando inspirar, imagine uma sensação de bem-estar invadindo o seu corpo.
Fonte:“A fonte da Juventude” Peter Kelder
https://instmedicinaintegrativa.wordpress.com

quinta-feira, 18 de maio de 2017

EMOÇÃO E O CORPO


- Então D. Paula, (chamemos-lhe assim) o que a traz por cá?
O que a incomoda? - perguntei eu, no início da consulta, àquela senhora baixinha de óculos, com um ar vivido e sofrido, bem marcado pelas rugas.

- Olha querido! Há já muito tempo que tenho muita dificuldade 
 
em movimentar os braços...  - respondeu ela, com o seu jeito 
 
carinhoso e desinibido, próprio de uma vendedora de banca 
 
de peixe.

- E para além desse mau estar tem mais algum problema de saúde?
-perguntei eu, para perceber o contexto e para poder diagnosticar através da Linguagem do Corpo.

Sim, já tive vários tumores no braço e ombro direito, que foram, felizmente, removidos com êxito.

- E isso foi há quanto tempo? - perguntei eu.

- Ooh, já foi há muito... Vinte anos, pelo menos -  respondeu ela, desvalorizando o sucedido.

Como aprendi com um dos meus mestres, em termos de terapia manual, a importância de trabalhar as cicatrizes para devolver ao corpo a sua capacidade natural de adaptação (podemos falar sobre este assunto noutra oportunidade), foi o que fiz e comecei a devolver àquele pedaço de tecido fascial a sua flexibilidade, há muito perdida!

E enquanto lhe massajava a cicatriz no braço direito, junto ao ombro, fruto da remoção de um dos tumores há duas décadas disse-lhe:

- Sabe o que o seu corpo me está a dizer, querida? Que na altura 
em que esta cicatriz foi impressa no seu corpo, algo sucedeu na 
sua vida que lhe provocou uma mágoa profunda associada a alguém 
 
do sexo feminino, relacionado com a área profissional!

Ela fez uma pausa, por momentos, a olhar para mim, com um ar um tanto ou quanto perplexo, e exclamou:

- Tem razão Ricardo, e aconteceu mesmo! Nessa altura abri uma oportunidade a uma familiar muito chegada, na minha banca, para trabalharmos juntas, e foi a pior coisa que fiz na minha vida pois ela fez-me a vida negra. Roubou-me e complicou-me a vida de tal forma que ainda hoje não consigo olhar para ela sem raiva!

Imediatamente entrei em modo de reprogramação mental e, com E.F.T. (Emotional Freedom Techniquesdesmontámos aquela impressão negativa que há tanto tempo roubava energia, qualidade de vida e alegria aquela mulher, de tal modo que em poucos minutos ela só conseguia lembrar do último beijo que essa pessoa lhe tinha dado, em tempos, numa determinada altura.

De súbito toda aquela raiva que ela guardara no seu coração, por tantos anos, desaparecera e agora ela só conseguia ver o que as unia ao invés do que as separava.

Após uma descarga emocional, que se seguiu a esta mudança de perspectiva, ela exclamou:

- Ricardo! As pessoas são tão invejosas que só vêem o que uma 
 
pessoa ganha e não vêem o que temos de trabalhar e penar para lá 
 
chegarmos. O que fazemos neste caso? Toda a minha vida senti 
 
que isso me atrapalha a vida e os meus objectivos!

- Quando é assim - afirmei eu - não temos de fazer nada senão aceitar 
que essa inveja é fruto do processo de evolução de quem a tece 
e que essa inveja só nos pode afetar se nos deixarmos afetar por ela.

- O facto de alguém fazer um julgamento de juízo sobre nós, não significa 
 
que tenhamos de reagir ao mesmo, pois esse julgamento faz parte 
 
do processo de crescimento de quem o faz e não nos diz respeito.

- Agora, quando damos importância a esse processo estamos a misturar 
o karma alheio com o nosso e nós já temos tanto karma a resolver 
que, se vamos transformar o dos outros no nosso, entramos numa 
 
montanha russa emocional da qual é difícil de sair!

- Aceitar as limitações e a ignorância do próximo é um belo exercício de empatia e compaixão, que nos facilita a vida e nos liberta de uma carga enorme que só nos atrasa a vida!

- Tem toda a razão! - disse ela - Não faz sentido, é mesmo isso que 
vou fazer daqui para a frente.

E foi o que fez!

Passados quinze dias voltou para uma segunda sessão com os braços muito mais leves, e perguntei-lhe sobre a sua vida e as suas mágoas e então ela disse-me:

- Sabes, Ricardo! Abençoado sejas pois não tenho mais nenhum tipo de rancor para com aquela minha familiar e a inveja dos outros praticamente não não mais me atinge! Sinto-me em paz pela primeira vez em vinte anos!...

Seja feliz!

Paz, Saúde, Prosperidade e Alegria sempre!

Até já :)

Texto enviado por Cristina Caeiro

 

terça-feira, 4 de abril de 2017

SUGESTÃO ESPELHO NO QUARTO - Espelho Que Reflete a Cama e a Porta


CURSOS DE FENG SHUI
MODO: Internet
INSCRIÇÕES: https://form.jotformeu.com/62144894089365

segunda-feira, 3 de abril de 2017

SUGESTÃO ESPELHO NO QUARTO - Espelho no teto


CURSOS DE FENG SHUI
MODO: Internet
INSCRIÇÕES: https://form.jotformeu.com/62144894089365

sexta-feira, 31 de março de 2017

SUGESTÃO ESPELHO NO QUARTO - Roupeiros Com Espelho


CURSOS DE FENG SHUI
MODO: Internet
INSCRIÇÕES: https://form.jotformeu.com/62144894089365

quinta-feira, 30 de março de 2017

SUGESTÃO ESPELHO NO QUARTO - REFLETIR A CAMA



CURSOS DE FENG SHUI
MODO: Internet
INSCRIÇÕES: https://form.jotformeu.com/62144894089365

terça-feira, 22 de novembro de 2016

QUAL O EFEITO QUE OS AROMAS TÊM EM SI?


Qual o efeito que os aromas têm em si?

Aromas agradáveis, é algo que nos faz sentir bem e que nos trás boas energias. Mas, Aromaterapia é muito mais do que aromas. Aromaterapia, trata, cuida do nosso ser, do espaço onde coabitamos. 
Os tratamentos de Aromaterapia são baseados em óleos essenciais que mais não são, do que a essência das plantas. Fazendo com  que essa concentração de nutrientes, consiga energizar o nosso corpo de forma a que ele readquira o equilíbrio, equilíbrio esse que promove boa saúde física, mental e espiritual.
Este Curso de Aromaterapia é geral, como tal, pode ser utilizado a nível Profissional e Pessoal.
Este Curso é aconselhado a todas as pessoas.
Entende-se por Aroma tudo o que tem cheiro, o nariz tem a capacidade de filtrar uma grande variedade de cheiros. Cheiros intensos, suaves, exóticos, entre outros.
Conseguimos com alguma facilidade filtrar o que queremos seja agradável ou não.
Com a fruta, podemos extrair muitos aromas. A laranja, limão, tangerina, papaia, ... seja para fazer incensos, para apaladar comidas, tirar a acidez dos alimentos, muita coisa se pode fazer com os aromas.
Temos depois outro tipo de aromas derivado de plantas e também de flores. Desde a arruda, alecrim, eucalipto, ... à rosa, alfazema, jasmim, ... são muitas as plantas, flores, árvores onde é possível extrair os óleos essenciais, com as mais diversas utilidades, todos eles com as mais diversas particularidades, desde acalmar até tratar constipações, são inúmeras a sua utilização.

Esta formação é MUITO ÚTIL para todas as pessoas em geral e dizemos-lhe porquê.

:: Se é pai ou mãe, irá necessitar saber como acalmar e tratar o seu filho/a de forma natural.

:: Se é profissional de saúde, nada melhor que aromatizar o espaço onde atende os seus pacientes.

:: Se tem outra qualquer profissão e necessita de paz ao chegar a casa, saberá como fazê-lo através dos aromas.

:: Se é professor, nada melhor saber como tranquilizar os seus alunos de forma natural.

:: Se trabalha em cozinha, nada melhor de saber quais os aromas que melhor combinam.

Como vê, há um cem numero de utilização dos aromas. INSCREVA-SE agorapara este CURSO GERAL DE AROMATERAPIA e viva uma vida com equilíbrio.
INICIO DIA 02/12/2016
 PRÉ - INSCRIÇÃO Curso de Aromaterapia

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

APRESENTAÇÃO DO CURSO DE CROMOTERAPIA EM VIDEO


Saiba mais sobre os nossos cursos inscreva-se

quarta-feira, 15 de junho de 2016

PEÇA E LHE SERÁ CONCEDIDO

quarta-feira, 8 de junho de 2016

DEIXAR ENTRAR QUEM VOCÊ É

quinta-feira, 2 de junho de 2016

ENTRE NO VORTEX

quarta-feira, 6 de abril de 2016

programe a sua Mente Dinheiro Saude Sorte Felicidade

terça-feira, 1 de março de 2016

OS MÉDICOS JÁ COMEÇAM A RECOMENDAR


Atualmente, tomar remédios para todos os tipos de dores é super-comum.


A maioria das pessoas nem cogita a possibilidade de tratar ou prevenir doenças de outra maneira que não seja através de medicamentos.

Apesar disso, existem formas alternativas para melhorar o sistema imunológico, e a meditação é uma delas.


1. Fica menos stressado

Quando fica ansioso, seus batimentos cardíacos sobem rapidamente. Além disso, seu corpo liberta cortisol e o hormonio causador do stress.


Seus músculos também se contraem, mesmo que não perceba. Como resultado, funções vitais como a imunidade e a digestão são afetadas.

Por outro lado, ao meditar faz com que o seu corpo se sinta renovado. Os músculos relaxam e os batimentos cardíacos normalizam, permitindo uma circulação sanguínea equilibrada.

2. Sua pressão sanguínea diminui

Durante a meditação, o corpo fica tão quieto e relaxado que naturalmente consome menos oxigénio. O coração bate mais devagar o que equilibra a pressão arterial.

De acordo com um estudo realizado na Harvard Medical School, o corpo em estado meditativo também se torna menos sensível aos hormonios do stress.

Aliás, os sintomas são os mesmos de pacientes que recebem medicação para reduzir a pressão arterial.


3. Seu sistema imunológico fica mais forte
Pesquisas também mostraram que a meditação ajuda a aumentar os anticorpos, que são utilizados pelo sistema imunológico para identificar e neutralizar bactérias e vírus.


E tem mais: um estudo realizado pela Ohio State University apontou que a meditação reduz o risco de recorrência do câncer de mama. 

Exercícios de meditação também podem aumentar as células assassinas naturais e ajudar a produzir uma maior resistência aos tumores e vírus.


4. Meditar regula o nível de açúcar no sangue

Ao reduzir o stress e a pressão arterial, a meditação contribui para a queda da produção de neuro-hormonios de stress-responsivo.

Em outras palavras, isso ajuda o corpo a equilibrar os níveis de glicose e insulina, ajustando os níveis de açúcar no sangue.


5. A memória melhora

Um estudo realizado no Massachusetts General Hospital mostrou que a meditação aumenta a espessura do córtex cerebral. Isto acontece porque, durante a prática, os vasos sanguíneos aumentam de tamanho e maior quantidade de sangue flui para o cérebro.

O espessamento do córtex permite melhorar funções mentais como a concentração, a aprendizagem e a memória, de acordo com o estudo.


6. Você corre menos risco de ter problemas cardíacos
Um estudo realizado por pesquisadores do Instituto de Medicina Americano da Mente e do Corpo, em Boston, ajudou a concluir que a meditação desacelera a atividade cerebral e cria um mecanismo holístico anti-stress no corpo.


A diminuição da atividade do cérebro permite que o corpo se regenere e se reenergize. Como consequência, seu corpo combate mais facilmente problemas relacionados ao stress, incluindo doenças cardíacas, uma série de alergias e até mesmo a insónia.


7. Adquire equilíbrio emocional

O equilíbrio emocional é algo difícil de alcançar para qualquer pessoa.

É normal ter momentos em que se sente extremamente feliz, e outros em que se sente um pouco mais em baixo ou deprimido. No entanto, foi comprovado que a meditação ajuda com neuroses e estados emocionais extremos.



Quando se concentra na criação de um estado de espírito, suas emoções ficam menos propensas a desequilíbrios. E isso acontece mesmo depois de a meditação ter terminado e já está em estado consciente.


8. Meditar alivia problemas de estômago e intestino

Estudos têm demonstrado que a prática da mediação consciente está ligada à redução dos sintomas da síndrome do intestino irritável (IBS).

Da mesma forma que a meditação alivia os sintomas de ansiedade e sofrimento psicológico, pode ajudar a aliviar os sintomas de inchaço, diarreia e constipação.

Os pesquisadores ainda não compreenderam 100% como a meditação tecnicamente funciona para aliviar o intestino irritável, mas já sabem que a redução do stress contribui para isso.


9. Fica mais calmo e paciente

Um dos grandes objetivos da meditação é não deixar que pensamentos ruins e julgamentos ocupem sua mente.

Através da meditação, irá entender que é normal que esses pensamentos passem pela sua cabeça. Mas ao invés de se fixar neles, simplesmente deixa-os ir embora.

De acordo com o US News Saúde, estar ciente daquilo em que pensa e experimenta e, em seguida, aceitar esses pensamentos sem julgar, tem um efeito extremamente calmante.




Comece hoje mesmo a meditar. Neste blogue no separador que diz vídeos ou no separador que diz audio, encontra links para meditar.

BOA MEDITAÇÃO, tenha uma boa Saúde e Seja Feliz