segunda-feira, 26 de setembro de 2011

1.ª aula Pratica do Curso Aprenda a Ser Próspero - 2.º video

video

O PODER DA MENTE

1.ª aula Pratica do Curso Aprenda a Ser Próspero

video

Keiro no hi ( 敬老の日)


DIA DO RESPEITO AOS IDOSOS NO JAPÃO



Todos os anos, o Keiro no Hi ( 敬老の日 ) é comemorado na terceira segunda feira do mês de Setembro. Esse ano, a data foi comemorada no dia 19. O Japão é o país onde se concentra o maior número de idosos no Mundo e portanto essa data é muito significativa e de extrema importância para o povo japonês.


A data surgiu em 1947, quando uma pequena aldeia em Hyogo resolveu oficializar a data, como forma de respeito e valorização aos anciãos japoneses, que sempre contribuíram para o País com sua sabedoria e seu trabalho. A data escolhida foi bem propícia.
Nos meados da segunda quinzena de Setembro, as colheitas nas plantações já terminaram e as condições climáticas normalmente são boas, apesar que neste ano, o Japão foi acometido pelo Tufão Roke, que andou fazendo um pouco de estrago por lá.
Keiro no Hi é uma data criada exclusivamente no Japão, ao contrário do Dia das Mães, que foi “importada” dos países ocidentais. Nesse dia, as famílias se reúnem e celebram junto aos seus entes mais velhos.
É o dia para se dar aquele bom e velho abraço e se por acaso alguém na família estiver completando 60 anos, costuma-se presenteá-lo com algo da cor vermelha, considerada uma cor de proteção.
Essa idade é considerada muito importante, pois significa que ela completou o Ciclo Zodiacal e retornou ao seu signo de nascimento.

Expectativa de vida no Japão



No Japão, a expectativa de vida é em torno de 85 anos de idade para as mulheres e 78 anos de idade para os homens. É uma média considerada alta pelos padrões mundiais. Além disso é um país onde se concentra o maior número de centenários. São mais de 30 mil pessoas com idade igual ou superior a 100 anos e esse número vem crescendo vertiginosamente.
Em 2003, por exemplo, o número era estimado em 20 mil pessoas centenárias. O segredo para essa longevidade toda, com certeza é devido a qualidade de vida que o Japão oferece aos seus cidadãos. E a alimentação também é um fator importante para a saúde de ferro dos japoneses.
O Sistema de Saúde no Japão pode não ser a mais perfeita do Mundo, mas pelo menos, não deixa ninguém na mão e ainda existe toda uma preocupação e respeito pelos idosos, onde há incentivo para que eles se exercitem, sejam ativos fisicamente e mentalmente e não deixem de fazer atividades corriqueiras, por causa da idade, como dirigir, passear, ler, etc.
Bem cedinho, é normal ver idosos japoneses, caminhando, se exercitando, passeando com o cachorro de estimação, ou então cuidando das suas hortas ou plantação de arroz. Mantendo o corpo e a mente em exercício constante, impede que eles entrem em depressão ou que tenham outras doenças físicas e neurológicas.

Comemoração para cada idade

No Japão, o costume não é se comemorar o aniversário todos os anos. Existem idades específicas, assim como o Seijin no hi, que se comemora o Dia da Maioridade, ou seja a chegada dos 20 anos de idade.
No caso da longevidade, também certas idades são comemoradas pelos japoneses, tais como:
60 还 暦 (KANREKI IWAI)
70 古稀 (KOKI IWAI)
77 喜 寿 (KIJU IWAI)
80 伞 寿 (SANJU IWAI)
88 米 寿 (BEIJU IWAI)
90 卒 寿 (SOTSUJU IWAI OU YONE NO IWAI)
99 白 寿 (HAKUJU IWAI)
100 百寿 (MOMOJU IWAI)


sexta-feira, 23 de setembro de 2011

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

VIVER BEM




R___elaxe, respire fundo 3 vezes, primeiro expire lentamente até parecer que vai morrer sem ar e depois inspire profundamente até sentir que a sua barriga é um balão que vai rebentar (não exagere..)


E___xercite. Basta fazer 10 minutos de silêncio por dia, pode ser ao acordar, espreguiçe-se como se fosse um gato e ande cerca de 30 min. Por dia.


S___orria, pense em coisas felizes, em disparates em que não tem vontade de rir, mas sorria. O sorriso e o riso libertam endorfinas que produzem bom humor


C___alma, deixe-se levar pela imaginação, permita-se viajar até um lugar prazenteiro onde a palavra do dia seja Serenidade e Beleza.


U___se a sua hora de almoço, o seu coffee break, ouça musica, leia um bom livro, dê uma pausa a si. Uma caminhada na sua hora de almoço vai alimentar a sua alma ajudando à produtividade na parte da tarde e prevenindo uma noite de cansaço.


E___scape, de si, dos outros, de tudo, afaste-se. Ao sair (mesmo que por momentos, você pode ter oportunidade de recontruir-se e antever, criar a perspectiva que precisa para se orientar.

Autor desconhecido

MEDITAÇÃO - 1.º dia teórico - Curso de Prosperidade

video

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Shaolin Kungfu - 少林門功夫學院



Kungfu Shaolin (Shaolin Martial Art) é um 
dos géneros mais influentes das artes marciais 
chinesas, e é nomeado após onde se originou - 
o Templo Shaolin, fundado em 495 d.c. na 
montanha Songshan em Dengfeng County, 
Província de Henan na China Central. 
Os monges do Templo Shaolin começaram a 
estudar artes marciais durante as dinastias 
do Norte e do Sul (420-581) e esta tradição
prevaleceu durante o Sui e Tang (581-907).
Kungfu Shaolin é famoso tanto na China 
como no exterior, como um método altamente 
eficaz de auto-defesa e saúde da construção. 
Ele tem o lado interno tranquilo e um lado 
externo poderoso. Combinando externos e 
internos, "hard" e "soft" exercícios, Shaolin Kungfu 
envolve vários métodos de técnicas de luta, consistindo 
de boxe sem luvas e combater armamento.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

DETERMINAÇÂO





Havia certa vez um homem que tinha um enorme desejo de agradar a Deus. Então ele rezou dia e noite até que um dia uma Voz lhe disse: “Quero que você vá e empurre uma grande rocha.”

O homem acordou na manhã seguinte muito animado e saiu em busca de uma grande rocha. Ele começou a empurrá-la mas nada aconteceu, e assim ele passou o dia todo tentando.

No dia seguinte ele fez a mesma coisa, mas a rocha não se mexeu nem um milímetro. Ele continuou a tentar durante os três meses seguintes, até que um dia ele ficou tão frustrado que parou de empurrar.

Naquela noite ele teve um sonho onde a Voz lhe perguntava: “Por que  parou de empurrar?” E ele respondeu: “Não aconteceu nada.”

“Não aconteceu nada? Olhe para si! Veja como se tornou determinado e focado. Veja como seus músculos estão poderosos agora. Não é mais a pessoa que era quando começou. Além disso, eu não lhe disse para fazer a rocha se mexer. Eu lhe disse para empurrá-la. Eu vou fazer a rocha se mexer quando for a hora.”

Continue a empurrar a sua rocha. Ela irá se mexer na hora certa, no momento perfeito, quando menos esperar. E coisas incríveis estão acontecendo, mesmo que ainda não esteja percebendo.
Yehuda

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

CURSO APRENDA A SER PRÓSPERO


<<< Este curso é uma corrente de prosperidade. >>>>


Mais uma vez a Escola Portuguesa de Feng Shui vai promover um curso gratuito, PELA INTERNET.
INSCREVA-SE e recomende aos seus AMIGOS.

O curso é GRATUITO, no entanto terá de fazer parte uma doação no seu final, que será, para uma instituição de solidariedade. Sendo uma corrente, mesmo os que o já fizeram anteriormente, são bem vindos, todos juntos ajudamos mais e melhor.


Faça JÁ A SUA INSCRIÇÃO para o e'mail:
escolaportuguesadefengshui@gmail.com



Começa dia 20 de Setembro

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

MEDITAÇÃO FLOR DE LOTUS

video

A FLOR DE LOTUS OU PADMA


A flor de Lótus é o símbolo supremo do Cosmo e do Ser Humano, determinando assim, Pureza e Perfeição Humana.
Mantém sua temperatura em torno de 35 graus, possui um sistema de autorregulação de calor, como os seres humanos e os mamíferos.
Suas folhas são auto-limpantes, tem a capacidade de repelir poeiras e micro-organismos.
Flor de Lótus (botão) – representa as possibilidades infinitas do Ser Humano
Flor de Lótus (aberta) – A criação do Universo.                                                                   
Os Chakras que são os Centros de Consciência do Corpo Humano estão representados como Flor de Lótus.
Cada cor determina o seu caráter individual.
O número de pétalas corresponde às suas funções.
A Flor de Lótus cresce e desenvolve-se na escuridão do lodo, emergindo para a superfície, abrindo as suas flores, permanece imaculada da água e da terra.
Raiz – vida material
Talo – vida astral
Flor – vida espiritual
Ela é a síntese viva do mais profundo e do mais elevado:
Incriado – Criado
Material(físico) – Imaterial (Espiritual)
Individualidade – Universalidade
Sansara (ilusão) –Nirvana (Iluminação)
Quando o Ser Humano vibraciona o Mantra OM MANI PADME HUM, os seus Corpos Sensoriais atingem a capacidade de silenciar a si mesmo de todo alarido exterior, é quando Unificado com o Seu Princípio, manifesta-se através do seu Corpo de Luz.
É o som da frequência da consciência de todos os Budas, de todos os Universos, é o vibracionar dos 84.000 ensinamentos que é a identidade da personalidade dos Samadhis Búdicos.
OM – É o corpo sonoro do Absoluto, o qual tudo criou, do Alfa/omega.
É o Som Primordial de todos os Mantras.
Quando vibracionado gera nos corpos sensoriais a sua limpeza e purificação, interligando-se com o Principio da sua Essência Criadora, atinge a capacidade de manifestar-se através do Seu Corpo de Luz.
MANI – significa jóia.
Simboliza a Senda para alcançar a iluminação, a consciência objetivada pelo reto proceder, determina a Plenitude de Si Mesmo.
PADME- Significa Lótus.
Como o Lótus que nasce da lama e dela não se contamina, o Ser Humano aprende a transcender a si mesmo, gera o discernimento, o vivenciar em consciência.
HUM – A pureza, que é a identidade daquele que atingiu a plenitude de vivenciar o eterno presente, é regida pela sabedoria que a faz manifestar-se através da unidade indivisível do qual tudo originou-se do Macrocosmo ao Microcosmo.
Além da limitação da temporalidade: DEUS O GRANDE ARQUITECTO
A flor de lótus tem muitos significados poderosos na religião budista. Por exemplo, um botão de lótus simboliza os seres que não atingiram a iluminação, todavia quando os ensinamentos budistas começam a se consolidar internamente, então a flor abre e um indivíduo se ilumina. Esta é a razão porque Buda senta em uma flor aberta de lótus.
As cores das flores também tem seus significados diferentes.

                            LÓTUS BRANCA


 – representa a total pureza da mente e perfeição espiritual. Normalmente tem 8 pétalas que correspondem ao caminho da óctupla senda. Ela é tipicamente associada às flores dos Budas.


                              LÓTUS VERMELHA 




– simboliza a natureza original do coração. É a lótus de muitas qualidades do coração, incluindo o amor, compaixão e paixão. Ë a lótus de Avalokitesvara, O Buda da Compaixão.

                                                LÓTUS AZUL


-  representa a vitória do espírito sobre os sentidos. É a vitória da inteligência, sabedoria e conhecimento. A Lótus azul nunca está totalmente aberta e seu miolo nunca é visto.

LÓTUS ROSA 



-  facilmente confundida com a lótus branca, a lótus rosa é a Lótus de todas as lótus. É suprema e reservada para as mais altas divindades. É a lótus tradicional do Buda Histórico.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

ATRAIMOS O QUE TRANSMITIMOS

video

KAKEMONO (KAKEJIKU)


Kakemono ( Kakejiku ) – Pergaminhos japoneses de parede



Todo bom descendente de japonês, dever ter em alguma parede de sua casa, como decoração, um Kakemono ouKakejiku (pergaminho japonês). O Kakemono é uma verdadeira expressão da arte e faz parte da decoração ornamental de uma casa japonesa, assim como o Ikebana.



Kakemono geralmente tem o formato vertical, feito totalmente de maneira artesanal, com papel de seda ou tecido e emoldurada com papel brocado. Alguns podem até ser feitos com fios de ouro ou pedras preciosas. Desta maneira, o preço é bastante variável, podendo chegar a milhões de ienes.

No conteúdo do Kakemono pode conter uma figura (animais, flores, paisagens, personagens da cultura japonesa ou do folclore japonês ou então uma caligrafia como um provérbio ou uma poesia. Todos possuem uma expressão artística, independente do seu valor. São realmente magníficos!

História do Kakemono – Kakejiku


Período Heian (794 – 1192)
O primeiro Kakejiku foi trazido da China, por missionários budistas que realizavam pinturas em pergaminhos para espalhar a sua religião. Depois que o budismo foi introduzido no Japão, o estilo kakemono suspenso, passou a ser difundido.

Período Momoyama (1573 – 1600)

Dois grandes soberanos representaram este período. Oda Nobunaga e Toyotomi Hideyoshi. Eles gostavam de realizar a cerimônia do chá (Chanoyu) em uma sala especial chamada “Tokonoma“. Essa sala era considerada o espaço que liga a arte e a vida quotidiana e era onde ficava a maioria das artes, incluindo os pergaminhos.




Seu principal objectivo do Kakejiku é de dar boas vindas aos visitantes da casa, assim como o Ikebana é responsável pela harmonia do ambiente. As técnicas de pintura e de montagem do Kakejiku também foram se desenvolvendo e foram criados diversas figuras e poemas, provenientes de vários artistas.




Período Edo (1603 – 1868)

Esse período no Japão foi bem pacífico e isso contribuiu para o surgimento de muitos pintores. O Kakejiku começou a se popularizar entre o povo e já não era apenas os soberanos que os tinha em suas casas. Nessa época começou a ocorrer competições entre os pintores.



Após o Período Meiji (1868  ~)

Com as competições, os pintores se aprofundaram sem suas técnicas e ganharam mais liberdade de expressão, aumentando a variedade de desenhos e manuscritos com provérbios. Cada autor marca sua obra com seu Hankô (inkan), que é a forma usada para assinar no Japão.




As obras se popularizaram de vez após a Segunda Guerra Mundial, se tornando item obrigatório nas residências japonesas por todo o país. Os mais belos pergaminhos foram feitos à partir dessa data e no Japão é comum muitos colecionadores de Kakejiku, que possuem pergaminhos seculares e de inestimável valor.



Algumas famílias também possui Kakejiku herdados dos seus ancestrais e que são repassados através das gerações.

Cuidados que se deve ter com o kakejiku

Como qualquer obra de arte, existem alguns cuidados que se deve ter com o painel japonês. O ambiente que ele ficar, não deve estar muito úmido e nem muito seco. Os japoneses não costumam deixá-los na parede por muito tempo. De vez em quando é preciso guardá-los na sua caixa especial, o “kiribako”.
Kiribako, geralmente é feito de madeira especial que mantém a umidade constante e protege o pergaminho contra a corrosão. Nas duas extremidades da barra de rolagem do Kakejiku, geralmente tem “Fuchin” , que são pingentes que servem para dar peso ao pergaminho. O Kakejiku, geralmente é bastante leve e o “Fuchin” serve para manter o equilíbrio, evitando que o painel fique balançando por causa do vento.

Como se pode ver pelas imagens acima, muitos destes quadros são representativos do Feng Shui, dar as bos vindas, carpas,...representam imagens utilizadas no Feng Shui para harmonizar os ambientes e torná-los mais prósperos, como é informado no texto acima esta arte é oriunda da China