terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

AROMATERAPIA


Qual o efeito que os aromas têm em si?

Quando se fala de aromaterapia, fala-se de aromas. Os aromas agradáveis são algo que nos fazem sentir bem e que nos trazem boas energias mas, aromaterapia, é muito mais do que aromas.
Aromaterapia trata da nossa residência. Estes tratamentos são baseados em óleos essenciais que não é mais que a essência das plantas concentrada fazendo que essa concentração de nutrientes, consiga energizar o nosso corpo de forma a que ele readquira o equilíbrio, equilíbrio esse que promove uma boa saúde física, mental e espiritual. Este curso é geral como tal, pode ser utilizado a nível profissional e pessoal.
O curso Geral de Aromaterapia é aconselhado a todas as pessoas.
Entedamos por aroma tudo o que tem cheiro, o nariz tem a capacidade de filtral uma grande variedade de cheiros. Cheiros intensos, suavez, exoticos, entre outros.
Conseguimos com alguma facilidade filtrar o que queremos seja agradável ou não.
Com a fruta, podemos extrair muitos aromas. A laranja, limão, tangerina, papaia, ... seja para fazer incensas, para apaladar comidas, tirar a acidez dos alimentos, muita coisa se pode fazer com os aromas.
Temos depois outro tipo de aromas derivado de plantas e também de flores. Desde a arruda, alecrim, eucalipto, ... à rosa, alfazema, jasmin, ... são muitas as plantas, flores, árvores onde é possivel extrair os oleos essenciais, com as mais diversas utilidades, todos eles com as mais diversas particulariedades, desde aclamar até tratar constipações, são inumeras a sua utilização.

Esta formação é MUITO ÚTIL para todas as pessoas em geral e dizemos-lhe porquê.
:: Se é pai ou mãe, irá necesstitar saber como acalmar e tratar o seu filho/a de forma natural.
:: Se é profissional de saúde, nada melhor que aromatizar oespaço onde atende os seus pacientes.
:: Se tem outra qualquer profissão e necessita de paz ao chegar a casa, seberá como fazê-lo através dos aromas.
:: Se é professor, nada melhor saber como tranquilizar os seus alunos de forma natural.
:: Se trabalha em cozinha, nada melhor de saber quais os aromas que melhor combinam.

Como vê, há um cem numero de utilização dos aromas. INSCREVA-SE agora para este CURSO GERAL DE AROMATERAPIA e viva uma vida com equilíbrio.
PRÉ - INSCRIÇÃO Curso de Aromaterapia

CONTINUE

O PODER DO GUERREIRO

sábado, 20 de fevereiro de 2016

PRÉDIOS EM VIDRO


PRÉDIOS EM VIDRO

Conforme já falamos por diversas vezes, o vidro é um elemento vulnerável conforme todos compreenderão.
O vidro é necessário sim, mas nunca desta forma, mesmo sem ser do ponto de vista do Feng Shui e sim do ponto de vista físico, o vidro ao quebrar-se fica tudo descoberto e para além disso, poderá ser altamente perigoso para quem estiver por perto.

Do ponto de vista do Feng Shui as pessoas a trabalhar neste género de edifícios, irão sentirem-se sempre observadas o que leva a desconfiança das mesmas.

Do ponto de vista ecológico o vidro aumenta o aquecimento terrestre e mata todos os seres vivos menores e quando reflectido sobre o mar o que acontece aos peixes?

Se a nossas publicações são importantes para si, partilhe-as. Conheça mais sobre a importância da energia, com os nossos cursos.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

A FORÇA DO PERDÃO

O PODER DAS PALAVRAS

PODER ALÉM DA VIDA

COZINHA


COZINHA

Do ponto de vista do Feng Shui a cozinha é essencial numa casa como tal, deve ser cuidada e preservada.
O frigorífico é muito importante uma vez que guarda e preserva os alimentos.
Evite que o seu frigorífico esteja exposto para o exterior. Procure tê-lo num local reservado principalmente quando abre a porta.
O que lá tem dentro, só diz respeito aos moradores. Preserve-o.


Se a nossa informação é importante para si, partilhe-a. Saiba mais sobre Feng Shui, com os nossos cursos.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

FELIZ ANO NOVO

A Escola Portuguesa de Feng Shui deseja a todos um Próspero Ano de Macaco 
de Fogo Yang, 
ano 4714 - 2016.



BEM-VINDO ANO DO MACACO 4714 - COMEMORAÇÕES




CHEGOU O ANO DO MACACO - 4714/2016

O Ano do Macaco de Fogo - Yang referente ao Ano Chinês 4714 e que corresponde ao ano ocidental 2016 começa hoje, este ano tem uma diferença de 39 dias do ano ocidental, coincidindo com o nosso Carnaval.
A passagem do Ano Chinês é referente ao festejos da Primavera, é a chegada e o recomeço.



“Eu sou o experiente viajante do labirinto.
O génio do entusiasmo, o mago do impossível.
O meu brilho é incomparável na sua originalidade.
O meu coração está cheio de magia, poderia lançar uma centena de encantos.
E coloco todos juntos para o meu próprio prazer.

EU SOU o MACACO.”

O ano do Macaco para este ano diz-nos que o Fogo abrasador Yang encosta com um Metal potente Yang. O Fogo Yang representa a força brilhante do Sol, e o Metal Yang, a espada feiticeira. Ou seja: o Sol brilha para os justos. Então é bom seguir os ensinamentos milenares que orientam para que todos sejam bondosos e humildes ao comunicar com os outros seres. Mas que também devemos saber recuar, sempre que for preciso.
Este período regido pelo Macaco de Fogo está também associado a muita sorte, a boas oportunidades a quem faz o bem. O Macaco de Fogo é justo e cumpre o que vem traçando na vida das pessoas. Está ainda associado a um forte impulso de ambição, vitórias e ganhos financeiros - mas cuidado: associados a avareza e egoísmo, pode levar as pessoas a guerras várias.
Ano-Novo na china.
No Tibete estes festejos têm a designação LOSAR
Comemoração do Losar no Tibete.
O Losar, o Ano-Novo do budismo tibetano, é a festa mais popular do calendário do Tibete, Nepal, Butão, Mongólia e dos budistas da Índia. Os festejos duram quinze dias, mas os três primeiros dias são ao mais importantes. O calendário tibetano é lunissolar, composto por 12 (ou 13) meses lunares, cada um começando e terminando com uma Lua Nova. É um calendário quase idêntico ao chinês, podendo o Losar coincidir com o Ano Novo chinês. Contudo, as tradições do Losar são exclusivas do Tibete, e anteriores ao budismo e às influências chinesas e mesmo indianas.

Ensinar História - Joelza Ester Domingues

A PARÁBOLA DO LÁPIS

A VIDA É FEITA DE CAMINHOS

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

COMEMORAÇÃO ANO NOVO CHINÊS EM LISBOA - ANO DO MACACO

Dragão chinês dança em Lisboa para inaugurar o Ano do Macaco

26 Jan, 2016 - 08:31
As celebrações do Ano Novo Chinês vão animar a cidade de Lisboa, a partir de sábado, com um desfile na Avenida Almirante Reis e com espectáculos de cultura chinesa na Praça Martim Moniz e no Jardim da Estrela.
"A celebração de Ano Novo Chinês é já, em todo o mundo, um cartão cultural da nação chinesa", afirmou o presidente da Associação de Comerciantes e Industriais Luso-Chineses, Choi Man Hin, explicando que os festejos em Lisboa "fazem a comunidade chinesa sentir-se em casa e o povo português também tem a oportunidade de apreciar a cultura e costumes do povo chinês sem sair de Portugal".

Na apresentação do programa de celebrações do Ano Novo Chinês em Lisboa, que decorreu hoje, Choi Man Hin disse que "este ano os festejos ficam ainda maiores, mais ricos e com um maior número de elementos envolvidos", destacando a participação de dois grupos vindos da China, a Companhia de Dança Huajin da província de Shanxi e a Companhia de Performance de Chongquing.

A dança do dragão, a troca de máscaras e acrobacias são algumas das manifestações culturais da China que vão desfilar na Avenida Almirante Reis, no sábado, às 11h00, com início na Igreja dos Anjos e terminando na Praça Martim Moniz, onde às 13h00 decorrerá a cerimónia oficial das celebrações com um espectáculo de três horas. No domingo, entre as 15h00 e as 16h30 vai realizar-se um espectáculo no Coreto do Jardim da Estrela.

"Queremos compartilhar esta festa com a sociedade portuguesa, com o povo português, um povo que trata muito bem a nossa comunidade em Portugal", sublinhou o conselheiro cultural da Embaixada da China, Shu Jianping, adiantando que existem cerca de 20 mil chineses a viver em Portugal e que cerca de metade desta comunidade chinesa concentra-se na área metropolitana de Lisboa.

Segundo Shu Jianping, as celebrações do Ano Novo Chinês já se realizam há muitos anos em Lisboa, de uma forma organizada, apontando que "se calhar há mais de 20 anos" e há três anos consecutivos na Praça Martim Moniz, "onde se concentram muitos empresários chineses".

Para o vereador das Relações Internacionais da Câmara de Lisboa, Carlos Castro, celebrar o Ano Novo Chinês "é já uma parte integrante da própria identidade da cidade". Com um discurso de defesa da inclusão social na capital portuguesa, Carlos Castro considerou que, "à medida que os anos vão passando, a festa vai aumentado e a inclusão vai subindo", e aproveitou ser o signo do Macaco que preside o novo ano para referir que a ambição é fazer crescer estas celebrações na cidade de Lisboa.

"Sejamos lisboetas ocidentais ou lisboetas orientais, todos somos lisboetas e este é um festival da cidade de Lisboa para todos os lisboetas, independentemente do local onde nasceram ou para onde irão viver no futuro. Enquanto aqui estiverem, todos somos lisboetas", afirmou o autarca, frisando que a relação entre Portugal e China tem cerca de 500 anos.

Questionado sobre o investimento na organização das celebrações, o autarca Carlos Castro disse não saber o valor investido, explicando que grande parte dos custos é suportada pela comunidade chinesa em Portugal, existindo também apoio da Embaixada da China.

O Museu do Oriente, em Lisboa, tem previsto um conjunto de actividades subordinadas ao Ano do Macaco dedicado às tradições e cultura chinesas, que decorrerá de 7 a 21 de Fevereiro. O Ano Novo Chinês inicia-se a 8 de Fevereiro, sucedendo ao ano da Cabra.

O responsável da Embaixada da China referiu ainda que há outras cidades portuguesas que vão celebrar esta data do calendário chinês como Portimão, Póvoa de Varzim e Vila Nova de Gaia.

"Queremos fazer chegar a nossa alegria a todos os cantos de Portugal. Acho que isto é uma demonstração das boas relações entre a China e Portugal", defendeu Shu Jianping. De acordo com o conselheiro cultural da Embaixada da China, o Ano Novo Chinês é celebrado em "mais de 140 países do mundo e mais de 400 cidades no mundo", referiu.

COMEMORAÇÃO ANO NOVO CHINÊS - CÂMARA MUNICIPAL


Lisboa volta a acolher, no Martim Moniz, as celebrações do Ano Novo Chinês, este ano dia 30 de janeiro, entre as 11h00 e as 17h00. Uma tradição secular impar na história da humanidade repleta de atrativos mitológicos e fantásticos, a não perder. 
Danças tradicionais, de leões e de dragões, cantares, artes e acrobacias, uma celebração a não perder. 
Uma iniciativa da Embaixada da República Popular da China e da Câmara Municipal de Lisboa. 

2016 年“欢乐春节”葡萄牙庆祝活动 时间:2016 年 1 月 30 日 11 点至 17 点 行进表演时间:
11 点至 12 点 地点:Almirante Reis 大街(Anjos 教堂至 Martim Moniz 广场) 文艺演出时间:
12:30 至 16:30 地点: Martim Moniz 广场 Feliz Ano Novo Chinês Celebração do Ano Novo Chinês 2016 Data: 
Dia 30 de Janeiro, das 11h00 às 17h00 Hora do Desfile: 11h00 às 12h00 Local: Av. Almirante Reis (da Igreja dos Anjos até à Praça Martim Moniz) Hora da Cerimónia: 12H30 às 16H30 Local: Praça Martim Moniz, Lisboa 主办单位:中国驻葡萄牙使馆 里斯本市政厅 承办单位:旅葡各侨团 
Organização: Embaixada da Republica Popular da China Câmara Municipal de Lisboa Produção: Associações da comunidade chinesa em Portugal 
1) 舞 龙: 波尔图 SHE-SI 舞龙队 
1) Dança de Dragão: Grupo de dança de dragão do Porto SHE-SI 2) 舞 狮: 里斯本佛光会 
2) Dança de Leão: Associação de Luz de Buda de Lisboa 
3) 腰 鼓: 中华妇女联合总会 
3) Tambor na Cintura: Associação Geral de União das Mulheres Chinesas 
4) 儿童舞蹈:《欢天喜地》 淑敏语言文化中心 
4) Dança Infantil: «Nossas Felicidades» Centro de Língua e de Cultura Shu Min 
5) 开场舞:《华舞飞扬》(山西华晋舞剧团) 
5) Dança de Abertura: «Voar de Dança Chinesa» (Grupo de Dança e Teatro Hua Jin de Shan Xi) 
6) 中国民族舞蹈:《欢乐弦子舞》 (重庆艺术团) 
6) Dança Folclórica Chinesa: «Dança de Xian Zi» (Grupo artístico de Chong Qing) 
7) 女声独唱:《财神来到我家门》Ana Isabel Silva 茉莉花团 
7) Solo Feminino: «Deus de Fortuna vem a caminho» Ana Isabel Silva do Grupo Jasmim
8) 男子四人舞:《秦王点兵》 (山西华晋舞剧团) 
8) Dança de Grupo Masculino: Os Soldados do Rei Qin (Grupo de Dança e Teatro Hua Jin de Shan Xi) 9) 杂技:《手技》 (重庆艺术团) 
9) Acrobacia nas Mãos (Grupo Artístico de Chong Qing) 
10) 民族舞蹈:《热吧鼓舞》(重庆艺术团) 
10) Dança Folclórica: Dança de Tambor Re Ba (Grupo Artístico de Chong Qing) 
11) 女子群舞:《团扇》 (山西华晋舞剧团) 
11) Dança de Grupo Feminino: Dança de Leques (Grupo de Dança e Teatro Hua Jin de Shan Xi) 12) 二胡独奏:《赛马》 吴瑕 (山西华晋舞剧团) 
12) Solo Musical de Er Hu: «Corrida de Cavalo» Wu Xia (Grupo de Dança e Teatro Hua Jin de Shan Xi) 
13) 川剧变脸 (重庆艺术团) 
13) Troca de Cara da Ópera de Si Chuan (Grupo Artístico de Chong Qing) 14) 群舞:《水袖与髯口》 (山西华晋舞剧团) 
14) Dança de Grupo: «Shuixiu e Rankou» (Grupo de Dança e Teatro Hua Jin de Shan Xi) 
15) 女声法多独唱: 《Lisboa Antiga》 孙毓奇 
15) Fado: «Lisboa Antiga» Sun Yuqi 16) 男子群舞:《英雄》 (山西华晋舞剧团) 
16) Dança de Grupo Masculino: «Herói» (Grupo de Dança e Teatro Hua Jin de Shan Xi) 
17) 杂技:《力韵》 (重庆艺术团) 
17) Acrobacia: «Beleza de Força» (Grupo Artístico de Chong Qing) 
18) 女子群舞:《千手观音》 (山西华晋舞剧团) 
18) Dança de Grupo Feminino: «Buda de Mil Mãos» (Grupo de Dança e Teatro Hua Jin de Shan Xi) 
19) 女声独唱: 《大地飞歌》 (重庆艺术团) 
19) Solo Feminino: «Canções voam na terra» (Grupo Artístico de Chong Qing) 
20) 群 舞:《扎西德勒》 (山西华晋舞剧团) 
20) Dança de Grupo: «Melhores Cumprimentos» (Grupo de Dança e Teatro Hua Jin de Shan Xi) 节目内容
http://www.cm-lisboa.pt/fileadmin/Noticias/ficheiros/Programa_ano_novo_chines_2016__%E6%AC%A2%E4%B9%90%E6%98%A5%E8%8A%82%E6%BC%94%E5%87%BA%E8%8A%82%E7%9B%AE%E5%8D%95_01__15.pdf

COMEMORAÇÃO DO ANO NOVO CHINÊS - MUSEU ORIENTE

No dia 8 de Fevereiro comemora-se a entrada no novo ano chinês. Com séculos de existência, com inúmeros mitos e tradições a ela associados, esta é a mais longa e importante festividade do calendário lunar – a Festa da Primavera. Reúna a família e venha comemorar o início do Ano do Macaco no Museu do Oriente! Aproveite a entrada gratuita no domingo, 7 Fevereiro, para ver a nossa decoração especial e outras surpresas. Kung Hei Fat Choy!
6 ou 13 Fevereiro 
KUNG HEI FAT CHOY! FELIZ ANO NOVO!
Em época de Ano novo lunar rodeemo-nos de símbolos auspiciosos! Recortes de papel, nós, caracteres, imagens de deuses, símbolos de longevidade e abundância, muito dourado, muito vermelho! 
Histórias e tradições do Ano Novo para conhecer nesta oficina. Sábado|11.00 às 12.30 [6 Fev] e 15.00 às 16.30 [13 Fev]| 
Para famílias com crianças dos 6 aos 12 | Preço: 3,50/participante/sessão Participantes mín.10, máx.25 Necessária marcação até 1 (1ª sessão) ou 8 de Fev (2ª sessão). 

7 Fevereiro 
COSPE FOGO O DRAGÃO, RUGE O LEÃO 
Tradicionalmente realizada em celebrações de boa colheita, a Dança do Dragão é muito popular nos festejos do Ano Novo Chinês, tal como a Dança do Leão. Acredita-se que ambos os animais são portadores de boa sorte e felicidade. Em família, vamos construir os nossos dragões e leões, para numa animada dança festejarmos esta data! Domingo|15.00 às 16.00 
Para famílias com crianças a partir dos 4 Preço €3,50 
Participantes mín.5, máx.20 Necessária marcação até 1 Fev. 



7 Fevereiro 
COMEMORAÇÃO DO NOVO ANO LUNAR VISITA ORIENTADA À EXPOSIÇÃO PRESENÇA PORTUGUESA NA ÁSIA
Em véspera desta data, convidamos a familiarizar-se com os preparativos da Festa da Primavera. Para além das arrumações, limpezas e decorações auspiciosas, há que não descurar as oferendas aos deuses, representados em novas e coloridas gravuras que substituem as do ano anterior. Depois dos preparativos, há que comemorar! Uma visita ao Museu com enfoque temático na China é a nossa proposta. Domingo|15.00 às 16.00 
Para maiores de 16 anos Preço €7,00 
Participantes mín.5, máx.20 Necessária marcação até 1 Fev. 

7 ou 21 Fevereiro 
O REI MACACO 
 Se nos contos tradicionais portugueses, é protagonista de peripécias e infortúnios, quais as características que se apontam ao macaco a Oriente? Sabemos que foi um dos animais chamados por Buda e que em 2016 a China celebra o Ano do Macaco. Descobre a sua importância e de que forma podes “domesticá-lo”! Domingo|11.00 às 12.30 
Para famílias com crianças a partir dos 4 Preço €3,50/participante Participantes mín.10, máx.25 
Necessária marcação até 1 (1ª sessão) ou 15 Fev (2ª sessão). 

8, 9 e 10 Fevereiro 
O ZODÍACO CHINÊS EM DESFILE DE MÁSCARAS 
Um a um, os animais surgiram diante de Buda, atendendo ao seu chamamento. Bem, pelo menos alguns! Quais terão sido? Para, no Carnaval, podermos desfilar, máscara a máscara vamos pintar. Entre desfiles e música festejamos também o Ano Novo Lunar que, na China, acaba de começar. 
 Segunda a quarta|10.00 às 13.00 
 Para crianças dos 7 aos 12 Preço €30,00/3 manhãs 
 Participantes mín.4, máx.10 Necessária marcação até 1 Fev.